Golpistas vendem cachorro com pelagem tingida para imitar raça pura

Golpistas vendem cachorro com pelagem tingida para imitar raça pura

Os crimes ligados ao mundo dos animais vêm ganhando cada vez mais destaque no Brasil de hoje, e depois de uma onda de roubo de cães de raça, alguns golpistas do Rio de Janeiro (RJ) estão tingindo a pelagem de cachorros vira-lata no intuito de vendê-los como cães de raça.

Na denúncia feita durante a última semana, uma família alega ter pago cerca de R$ 700 para os golpistas na compra de um cão da raça Yorkshire. Alguns dias após a compra, no entanto, os novos tutores começaram a notar que o animal não passava bem, e ao levá-lo a um profissional veterinário foi constatado que o cão passava mal em função de uma alergia à tinta usada para tingir a sua pelagem.

Além da tintura nos pelos, o cão também tinha suas orelhas coladas por fitas crepe e o seu rabo quebrado para que ficasse mais parecido com um exemplar da raça citada. Angariando compradores por meio da internet, os golpistas já retiraram seus anúncios da web, e agora o caso é investigado pela polícia.

Levando em conta o número de animais abandonados no País, que já chega a 30 milhões entre cães e gatos, fica clara a facilidade dos bandidos em adquirir cães SRD (sem raça definida), que são transformados por meio de crueldades como a descrita anteriormente e, em seguida, vendidos como um pet de raça pura.

A facilidade que gera essa tendência fica ainda mais óbvia quando se leva em conta o fato de que o motivo para a maior parte dos animais que são abandonados por seus donos é, justamente, por não serem cães de raça pura: um fato absurdo e totalmente deprimente, que só aumenta a gravidade desta situação no Brasil.

Imagem: reprodução Folha.com

Fonte: Cachorro Gato

Comentários

EnglishItalianPortugueseSpanish