Pipoca faz mal para cães?

Pipoca faz mal para cães?

Para muita gente, é difícil negar comida para cachorros que fazem aquela cara de dó quando estamos comendo. Se o assunto é pipoca, isso fica ainda mais intenso, afinal, que mal faz dividir um pouco daquele pacote imenso com nosso pet?

Se formos pensar no contexto de comermos sem dar um pedacinho ao nosso peludo, isso já acontecia com os lobos e ainda acontece com cães que vivem em bandos ou nas ruas, por exemplo, onde alguns têm preferências no momento da alimentação, deixando (ou não) apenas algumas sobras para os demais.

Portanto, se a sua “desculpa” para dar comida para seu pet é dó, não precisa mais se sentir assim! Certamente ele tem uma boa alimentação dentro da sua casa e não precisa de “extras” para se sentir feliz ou amado.

Pipoca faz mal para cães? - veterinarios, saúde animal, pipoca para cães, pipoca, pets, pet, meu.dog, informação, dog, dicas pet, dicas de saúde, dicas animais, curiosidades, cuidados pet, convivencia, comida para cães, cães, cachorros, bem estar animal, animais, alimentação canina, alimentação - fique-atento-a-saude-do-seu-pet, dicas-para-cuidar-melhor-do-seu-pet

Mas afinal, cachorro pode comer pipoca?

Nossos cães têm o olfato bem mais apurado do que o nosso e, por isso, alguns alimentos chamam muito a atenção deles. Repare que comidas mais gordurosas e com sabores mais intensos costumam ser os preferidos deles… Isso, além de ter a questão olfativa, tem também a ver com questões evolutivas, nas quais eles aprenderam a “selecionar” opções capazes de mantê-los nutridos e com energia por mais tempo.

Repare que as pipocas de saquinho, feitas no microondas, chamam mais a atenção dos cães do que aquelas mais lights, que fazemos em casa, na panela. Mas esses tipos não devem ser oferecidos para os cães, pois além de possuírem bastante sal, são extremamente ricas em gorduras, conservantes, temperos e palatabilizantes que podem não fazer bem aos animais de estimação.

Por outro lado, a pipoca feita pura, sem adição de óleo, açúcar ou sal, pode ser oferecida em algumas porções pequenas para os cachorros sem problemas. Se você ainda tem dúvidas sobre isso, é só levarmos em conta que a maioria das rações que oferecemos para eles hoje em dia possui milho em sua composição.

Vale lembrar ainda que os cachorros não têm o hábito de mastigar como nós, por isso é preciso tomar cuidado para não engasgarem ao comerem esse tipo de alimento.

Evite problemas comportamentais

Pipoca faz mal para cães? - veterinarios, saúde animal, pipoca para cães, pipoca, pets, pet, meu.dog, informação, dog, dicas pet, dicas de saúde, dicas animais, curiosidades, cuidados pet, convivencia, comida para cães, cães, cachorros, bem estar animal, animais, alimentação canina, alimentação - fique-atento-a-saude-do-seu-pet, dicas-para-cuidar-melhor-do-seu-pet Sabe quando você vai na casa de alguém e o cachorro simplesmente não deixa ninguém fazer uma refeição em paz? Latidos, rosnados e “arranhadas” nas pernas e nos braços são frequentes em casos como esses. Esse tipo de comportamento ocorre quando a família humana do pet não dá limites quando o assunto é sentar-se à mesa.

Cachorros filhotes, obviamente, tentarão de tudo para conseguirem o que querem, mas se forem educados corretamente e não tiverem a atenção (comida) que desejam naquele momento, em poucas semanas não vão mais se comportar daquele modo. Se, por outro lado, as pessoas cedem aos “pedidos” do cão, ele desenvolverá esse comportamento inadequado e que fatalmente incomodará as visitas.

Uma pipoquinha (sem temperos, sem óleo, sem açúcares e feita em casa, na panela) vez ou outra não causará danos à saúde e nem ao comportamento do cachorro. Moderação e bom senso são as regras!

Fonte: Pet Love

Comentários

EnglishItalianPortugueseSpanish