Pitbull protege irmãs perdidas durante 6 horas

Pitbull protege irmãs perdidas durante 6 horas

Margot manteve as garotas em segurança durante as 6 horas em que elas estiveram perdidas na floresta.

Uma cachorra da raça Pitbull protegeu duas crianças que ficaram perdidas em uma floresta densa na Itália por 6 horas.

As gêmeas Adele e Elisabetta, de apenas 4 anos, brincavam no jardim de casa enquanto a mãe delas preparava o jantar, segundo informações do Corriere Della Sera.

O caso aconteceu no dia 24 de abril. A hipótese da polícia local é de que as meninas conseguiram abrir o portão para a rua e entraram na floresta com a cachorra Margot.

A vizinhança ouviu falar das meninas desaparecidas e decidiu ajudar. O jovem Alexei Coianiz e seu amigo Francesco Michelliza foram das pessoas que se juntaram ao resgate.

Eles começaram a busca de carro, imaginando que pudessem encontrar Adele e Elisabetta no acostamento de uma estrada.

Sem sucesso, a dupla decidiu que andaria pela floresta com suas lanternas, pois já era noite. No meio do caminho, Alexei e Francesco encontraram um homem chamado Silvio Cargnelluti, que se juntou a eles na mata fechada.

“Caminhamos enquanto gritávamos constantemente o nome das meninas, mas não recebemos uma resposta”, lembra Alexei.

Eles chegaram a um prédio abandonado, com esperança de que as meninas estivessem lá, mas havia ninguém no local. Depois de mais de uma hora caminhando pela floresta, eles finalmente encontraram Adele, Elisabetta e a cadela Margot.

Quando gritaram o nome de uma das meninas, alguém respondeu: “Estamos aqui, estamos com fome, venha!”. Seguindo a direção de onde vinham as vozes, eles conseguiram alcançar as irmãs e ficaram surpreendidos ao verem que um Pitbull estava com elas.

Margot manteve as garotas em segurança durante as 6 horas em que elas estiveram perdidas. A cadela correu em direção aos homens quando eles apareceram e fez uma festa, uma mistura de alívio e felicidade.

Mesmo depois dos socorristas forneceram cobertores para Adele e Elisabetta se aquecerem, a Pitbull não saiu de perto delas nem por um instante. Felizmente, as meninas estavam bem e puderam retornar para casa. “Uma história para contar a seus filhos, netos e bisnetos”, disse Alexei.

 

Fonte: Razões Para Acreditar

Comentários

EnglishItalianPortugueseSpanish